Imagem de destaque

Escrito por: Mariano Montoni

Quando: 14 de agosto de 2019

Conheça as vantagens da metodologia Continuous Delivery!

Entender bem os processos de desenvolvimento de softwares pode ser um diferencial de mercado. A metodologia Continuous Delivery viabiliza a automatização mais rápida dos processos de negócio da sua empresa e a redução dos seus custos operacionais.

Gerenciar sistemas de informação é uma tarefa complexa, que exige acompanhamento constante pelos gestores de TI. Nesse contexto, a Continuous Delivery pode otimizar a entrega dos incrementos de softwares pelos desenvolvedores. Continue a leitura para entender mais sobre essa nova tendência das empresas do futuro.

O que é Continuous Delivery?

Trata-se de um método de trabalho que prioriza pequenas entregas das funcionalidades de um sistema. O indicativo de eficácia é o software em pleno funcionamento. Essa abordagem permite aos programadores mais agilidade e adaptabilidade às mudanças nos requisitos dos usuários.

A Continuous Delivery é flexível e aderente às inovações tecnológicas cada vez mais rápidas. Os sistemas de informação armazenam dados críticos das empresas e mostram aos gestores quais processos de negócios possuem gargalos passíveis de melhorias. Indica-se esse método de desenvolvimento para as equipes médias e pequenas que tenham afinidade a boas práticas ágeis, como o SAFe Framework e o Lean.

Quais são as vantagens da metodologia Continuous Delivery?

A implantação dessa nova abordagem pode exigir mudanças na cultura da sua organização, mas pode se mostrar benéfica no longo prazo. Conheça algumas vantagens da metodologia Continuous Delivery para o seu negócio.

Desenvolvimento constante dos sistemas

A metodologia Continuous Delivery é uma consequência natural da Continuous Integration, que permite o ajuste permanente das funções dos sistemas de informação. O objetivo é manter um processo de desenvolvimento sempre em funcionamento e transparente para as partes interessadas. Não podemos responsabilizar os usuários por problemas técnicos nas equipes.

Essa abordagem automatiza os testes, a configuração e a atualização das funcionalidades dos sistemas de modo que sobra tempo para a correção de bugs mais críticos. O deploy das aplicações ocorre automaticamente e os componentes internos dos softwares ficam sempre versionados e atualizados.

O desenvolvimento constante dos sistemas garante uma maior previsibilidade das entregas para o seu negócio e evita que erros ocorram no ambiente de produção. Quanto mais eficiente for o processo de deploy das aplicações, menos chances de ocorrer um incidente.

Redução de custos

Quando se fala em custos, é preciso considerar os recursos humanos, tecnológicos, administrativos e financeiros do seu projeto. A metodologia Continuous Delivery torna os processos de software mais estáveis e isso melhora a produtividade e a motivação das suas equipes de desenvolvimento.

A implantação bem-sucedida de um sistema de informações evita o desperdício de esforços e de tempo com processos de negócio já defasados. Lembre-se que a tecnologia é uma facilitadora das operações da sua empresa e não o contrário.

Maior satisfação dos usuários

A Continuous Delivery evita desgastes com os clientes, pois a equipe de desenvolvimento consegue produzir em um ritmo constante e padronizado. Logo, é possível que muitos erros nos sistemas não apareçam nos ambientes de produção. Os pacotes com correções são devidamente documentados e, se necessário, aplicados.

A abordagem das entregas contínuas reduz também o tempo de atualização dos softwares. Essa praticidade evita problemas no momento de subir os deploys no ambiente de produção e ainda induz a melhoria dos seus processos organizacionais

Por fim, conclui-se que a Continuous Delivery é uma abordagem com muito potencial, mas que exige colaboração e acompanhamento dos gestores de tecnologia. Como qualquer mudança, é preciso ajustar e sensibilizar a cultura da sua organização para os benefícios dessa metodologia.

Estas são vantagens que a Continuous Delivery pode trazer para o seu negócio. Gostou do assunto? Então, confira também as diferenças entre as metodologias de projetos ágil e tradicional!

Caso você tenha interesse em saber mais sobre como implementar a metodologia Continuous Delivery na sua empresa, entre aqui em contato com os consultores da ProMove que teremos prazer em ajudar!

Mariano Montoni

Possui mais de 20 anos de experiência em impulsionar a excelência nos processos de empresas de tecnologia, realizando mais de 150 avaliações oficiais nos modelos CMMI e MPS.BR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário aprovado.


Matérias Semelhantes

Certificação
2 de maio, 2024

Certificações para empresas de TI: Saiba quais são as mais importantes

À medida que os negócios expandem e aumentam sua base de clientes, é comum que as organizações necessitem demonstrar certos níveis de gestão e governança, co...
Ler artigo
Certificação
22 de abril, 2024

Certificação ISO 27001: O que você precisa saber para implementar a norma

A ISO 27001 é uma norma certificável que atesta que sua empresa cumpre os requisitos do International Organization for Standardizat...
Ler artigo
Certificação
17 de abril, 2024

O que é CMMI e como usar? Aprenda aqui!

CMMI significa Capability Maturity Model Integration (Modelo de Capacidade e Maturidade Integrado) e como o próprio nome diz é um modelo ...
Ler artigo