4 dicas essenciais de otimização de processos com ITIL

ProMoveUncategorized4 dicas essenciais de otimização de processos com ITIL

Todo empresário tem a intenção de buscar excelência em qualidade e maior otimização dos projetos na área de tecnologia da informação. Mas para conquistar esse sonho, são necessários recursos financeiros, colaboradores qualificados e conhecimentos técnicos. Uma ideia que tem sido muito difundida é a otimização de processos com ITIL (Information Technology Infrastructure Library) no gerenciamento de TI (Tecnologia da Informação).

Essa estratégia quer dizer, em tradução livre, Biblioteca de Infraestrutura em Tecnologia da Informação. Ela abarca normas, diretrizes e procedimentos que devem ser adotados para melhorar o gerenciamento das atividades de tecnologia dentro das empresas. A ideia é trabalhar de uma forma agilizada e dentro do que solicitaram os clientes.

Quer saber como implementar a ITIL na sua empresa? Confira 4 dias incríveis!

1. Implemente uma certificação CMMI

CMMI é a sigla para Capability Maturity Model Integration, ou Modelo Integrado de Maturidade em Capacitação. É um modelo de referência que contém as práticas necessárias para aumentar a maturidade de organizações em desenvolvimento de produtos e serviços.

A ideia geral é fazer com que a empresa adote um padrão único para o aprimoramento dos processos. Existem três modelos CMMI: CMMI for Development, CMMI for Acquisition e CMMI for Services. Este último é compatível com a ITIL.

A certificação no CMMI for Services é uma excelente estratégia para ajudar na implementação das práticas da ITIL.

2. Estruture uma rotina de operação

Como a ITIL fala de cuidados com a infraestrutura onde os projetos são desenvolvidos, é importante que a equipe de trabalhadores tenha as condições ideais para a realização das tarefas com rapidez e qualidade. Por isso, invista em equipamentos, softwares e internet que permitam essa eficiência no fluxo de operações.

É importante, também, diminuir a dependência de pessoas específicas nesses processos, evitando que o trabalhador fique sobrecarregado ou que as competências fiquem concentradas em um único colaborador.

Em resumo, estruturar uma rotina de operação é padronizar a melhor forma de se trabalhar, em busca de eficiência e excelência.

3. Defina estratégias de serviço

Para implementar a metodologia ITIL na sua empresa, é muito importante que você crie materiais que direcionem as atividades necessárias para a definição das melhores estratégias.

Por isso, defina os processos que compõem a atividade, como gerenciamento financeiro do setor, as demandas corriqueiras, os atendimentos e o portfólio de serviços da área. Lembre-se de focar, mais uma vez, na rapidez e na qualidade das entregas.

Para ajudar nessa tarefa você pode utilizar o BPM, que gerencia processos, sistematiza, agrega valor e mede o desempenho de diversas tarefas de um negócio.

4. Adapte o ITIL à sua realidade

Embora a estratégia seja um norte para boas práticas na área de TI, é importante você entender que nem sempre o que está determinado será a melhor ação para a sua empresa. É preciso que você e seus colaboradores com conhecimento técnico adaptem e utilizem a metodologia de forma produtiva.

A dica é que vocês foquem em um processo por vez para observar como a mudança está acontecendo dentro da empresa para, então, tomarem a melhor decisão.

A ITIL pode ser uma grande aliada na sua produtividade e na qualidade dos seus serviços em TI. Independentemente da ferramenta que você utilize, aproveite para conscientizar seus colaboradores dentro do ambiente de trabalho e motive-os a prestar o melhor serviço.

Um gestor que busca melhorar diariamente também inspira seus colaboradores. Por isso, não deixe de investir em novos ensinamentos e ferramentas para melhorar sua rotina. Agora que você já sabe como acontece a otimização de processos com ITIL, turbine ainda mais sua carreira com 4 dicas incríveis que vão melhorar os resultados da sua gestão!

Sobre o Autor

Consultor em Melhoria de Processos na ProMove. Doutor em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010), Mestre em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003) e graduado em Ciência da Computação pela Universidade Federal da Bahia (2000). Possui experiência em melhoria de processos, gerência de projetos e coordenação de equipes de consultoria. É consultor na implantação de processos aderentes aos modelos de qualidade CMMI e MPS. Atuou na concepção/desenvolvimento de um framework na linguagem .Net. É certificado ITIL v3 Foundation. É instrutor credenciado dos cursos de capacitação do modelo MPS. É implementador credenciado do modelo MPS para Software e MPS para Serviços. É avaliador líder experiente do modelo MPS para Software e Serviços. É avaliador líder do modelo CERTICS.
Optimized with PageSpeed Ninja