5 fatos que mostram a importância de Coaching e Consultoria em TI

ProMoveMelhorias de Processo5 fatos que mostram a importância de Coaching e Consultoria em TI

Vou introduzir o assunto de Coaching e Consultoria em TI com a seguinte pergunta. Você já ouviu falar na indústria 4.0?

Basicamente, a revolução da indústria 4.0 passa pela ideia de que conectando máquinas, sistemas e ativos, as empresas poderão criar redes inteligentes para apoiar toda a sua cadeia de valor, podendo controlar os módulos da produção de forma autônoma.

Isso significa que operações manuais e repetitivas serão extintas e os profissionais deverão ser especialistas em seu domínio para executar as tarefas e mudanças de ambiente que ainda não puderem ser automatizadas.

Sendo assim, tanto profissionais quanto empresas precisam estar atentas a essas novas tendências, além de saber como iniciar o processo de implantação dentro de seus ambientes organizacionais.

Inovar, criar ambiente fértil para inovação e buscar novos processos mais produtivos: Isso exige tempo e dedicação.

Uma das dificuldades frequentes é em conseguir com que os profissionais desenvolvam a capacidade para implantar essas boas práticas na organização.

Frequentemente a solução caseira é adotada, o que gera grande parte dos insucessos dessas iniciativas. Mas como fazer isso se ainda temos que manter a operação diária?

Uma das possíveis respostas é através do coaching de equipes.

Trata-se de um processo que procura elevar a performance de um indivíduo (grupo ou empresa), aumentando os resultados positivos por meio de metodologias, ferramentas e técnicas cientificamente validadas, aplicadas por um profissional habilitado (o coach), em parceria com o cliente (o coachee).

Levantamos os 5 motivos que revelam a importância do Coaching e Consultoria em TI.

1. Custo interno

Os profissionais de TI possuem um custo bem elevado e, normalmente, especializado em apenas uma área de atuação.

Ao retirar esses profissionais que são especializados em uma determinada função, para que sejam alocados a outras funções ou missões, que não possuem conhecimento, irá certamente exigir que aprendam sobre o tema.

Isso exige tempo e dedicação, tendendo muitas vezes a um desempenho e qualidade baixos na nova empreitada.

O Coaching de uma consultoria especializada pode na verdade reduzir o custo interno desses profissionais, além de gerar resultados muitas vezes bem mais relevantes para a organização.

Além disso, a consultoria externa possibilita a contratação de um conjunto de especialistas para cada ponto estratégico do projeto, sempre avaliando os cenários mais adequados.

Luís Affonso Romano destaca que “Geralmente, as empresas percebem que precisam de um consultor quando já não conseguem fazer seu trabalho de forma organizada e efetiva ou quando sentem a necessidade de uma mudança no comando, no foco do negócio, nos sistemas ou forçados por uma ampliação da demanda”.

Por conta disso, inclusive, o clima organizacional pode não ser o melhor; oportunidades são perdidas e a qualidade dos produtos e serviços deteriora.

As empresas melhor dirigidas contratam preventivamente, quando percebem que novos processos serão necessários para apoiar uma mudança. Ou então, assim que detectam uma disfunção”.

2. Paradigmas Organizacionais

Conhece aquela máxima de “santo de casa não faz milagre”? É, de fato, não faz. Pelo menos não sozinho.

Quando buscamos uma melhoria de desempenho organizacional com recursos próprios, sempre encontraremos as dificuldades no ambiente interno.

Vícios organizacionais, barreiras de relacionamento e ceticismos farão parte da equipe que será responsável pelo projeto.

Webinar CMMI Ágil

E nesse caso um Coaching e Consultoria em TI pode ajudar bastante. 

Por estarem fora do ambiente organizacional, os consultores não são influenciados por essas barreiras internas. “Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez!”.

3. Visão externa

Uma das grandes vantagens em se buscar apoio de uma consultoria externa no coaching da equipe é agregar novas ideias e cenários ao grupo afetado.

Em geral,  os “coaches” tem uma visão bem mais ampliada do que a organização em relação à uma determinada prática, e pode auxiliar na análise dos diversos cenários possíveis e tradeoffs.

Além disso, ele buscará entender a empresa como um todo, focando não só em um único setor ou time.

O consultor é imparcial, não pertence a nenhum time, foi contratado para atuar na Empresa como um todo.

De certa forma, estaremos fazendo também um benchmarking entre a organização, suas práticas e as práticas de seus concorrentes de mercado.

Isso poderá agregar além de melhoria de desempenho, melhoria de competitividade.

4. Foco no Objetivo

É muito comum que os responsáveis por iniciativas de melhorias internas sejam desviados do foco dessas iniciativas para apoiar a operação diária.

Afinal, dificilmente são deslocados unicamente para atender ao projeto. Essa prática é fruto do desconhecimento interno do esforço de realização dessas melhorias.

Isso é outro dos fatores de insucessos no atingimento de um melhor desempenho.

Um coach atua com o foco nos objetivos do projeto, através de uma proposta bem delineada, com início, meio, fim e indicadores de eficácia para avaliar a efetividade do seu trabalho.

5. Road Map

Quando buscamos a melhoria de desempenho utilizando recursos internos, uma das dúvidas é: por onde começar? Como iniciar esse trabalho? O que vem depois?

Um outro fator de insucesso em melhorias internas é o fato de que uma decisão errada poderá causar desperdício de tempo, esforço e dinheiro.

Consultores e coaches especializados geralmente possuem uma metodologia de trabalho e um roadmap de como chegar ao desempenho esperado.

O Consultor consegue delinear o caminho mais curto para se atingir os objetivos.

Isso tudo acontece porque ele possui um vasto conhecimento, uma visão ampliada e domínio das práticas adotadas.

O melhor roadmap é aquele escrito por quem já trilhou o caminho diversas vezes e já sabe como desviar dos abismos do insucesso.

Viu como contratar um serviço de Coaching e Consultoria em TI pode mais barato e mais efetivo?

Por fim, mas não menos importante, precisamos reforçar: nada disso pode ser alcançado por um indivíduo ou time sem o apoio da direção.

Este é “conditio sine qua non” para que a equipe e a organização alcancem seus resultados.

Escolha um Consultor de TI para chamar de seu!

About the author

Mestre em Engenharia de Software pela COPPE/UFRJ, Auditora ABNT e Consultora em TI pela PROMOVE. Apaixonada pela Qualidade de Software, Agilidade, Gestão do Projetos e Compliance.