Imagem de destaque

Escrito por: David Zanetti

Quando: 27 de julho de 2022

Analista de Cibersegurança: Tudo o que você precisa saber para se tornar um

A preocupação com a segurança da informação passou a fazer parte da vida de todos, as empresas vêm investindo cada vez mais para garantir que os seus dados estão em total segurança. 

Por isso, a cibersegurança vem ganhando cada vez mais destaque, o que faz com que os profissionais dessa área sejam cada vez mais requisitados.

Aqui vamos buscar entender um pouco mais sobre Analista de Cibersegurança:

 

O que é um Analista de Cibersegurança?


Por muito tempo a segurança da informação foi negligenciada dentro das empresas, sendo responsabilidade de vários departamentos diferentes, porém com o avanço da tecnologia houve, também, um aumento no número de casos de ataques cibernéticos, o que direcionou os olhares de muitos gestores para essa área.

O Analista de Cibersegurança é o profissional responsável pela segurança da informação e proteção dos computadores, servidores, dispositivos móveis, sistemas eletrônicos e redes de uma organização. 

Atualmente as organizações estão lidando com ameaças diárias à sua integridade, crimes virtuais, ataques cibernéticos e até mesmo terrorismo cibernéticos, são alguns dos exemplos.

O Analista de Cibersegurança combate essas ameaças, atuando diretamente na segurança das informações, garantindo a sua integridade e privacidade dos dados.

 

Quais as atribuições deste profissional? 


O Analista de Cibersegurança possui uma atribuição principal: Impedir que a empresa para qual ele trabalha sofra algum tipo de ataque cibernético.

Para que isso aconteça, esse profissional possui várias atribuições que cooperam para esse resultado, listamos aqui as principais.

  • Analisar os documentos e dispositivos utilizados pelos colaboradores, decidindo quais poderão sair da empresa, e quais deverão ser mantidos.
  • Elaborar normas e diretrizes internas que venham a auxiliar os colaboradores a manter seus dispositivos e documentos seguros.
  • Dissipar boas práticas de segurança da informação dentro da organização, garantindo que estas sejam aplicadas por todos, a fim de evitar ataques cibernéticos.
  • Assegurar que mesmo que a empresa sofra um ataque, permanecerá em funcionamento.
  • Administrar ambientes computacionais, participando da definição de arquitetura tecnológica para a segurança da informação.
  • Analisar os sistemas, identificando possíveis vulnerabilidades, mapeando os riscos para implementar as soluções para os problemas identificados.

Além das atribuições listadas acima, quem trabalha com Cibersegurança precisa conhecer controles técnicos de segurança como, por exemplo, firewalls, criptografia de dados e sistemas de detecção de comportamentos estranhos na rede, ferramentas de análise de vulnerabilidades, dente outros. Também é preciso estar atento às novas ameaças à integridade dos dados que surgem constantemente. 

Este profissional também é responsável por orientar o usuário final, incluindo clientes e colaboradores de todos os setores da organização. Ele irá ensinar como proteger contas de e-mail, criar senhas fortes e atualizar os softwares e sistemas operacionais de forma segura.

 

Qual a importância do profissional de Cibersegurança? 


Os ataques virtuais vêm aumentando de forma gritante nos últimos anos, principalmente dentro do âmbito empresarial, no qual já pudemos ver grandes empresas à mercê de criminosos. Esse crescimento reforça ainda mais a importância dos profissionais em Cibersegurança.

O Analista de Cibersegurança é quem atuará na linha de frente na proteção dos sistemas e redes da empresa contra hackers e tantas outras ameaças que possam vir a comprometer os dados internos e de clientes.

Com a adesão em massa ao Home Office, devido à pandemia, essa situação ficou ainda mais crítica, uma vez que os colaboradores saíram do “ambiente seguro” das organizações. 

Durante esse processo de transição, o Analista de Cibersegurança precisou atuar de forma ainda mais efetiva para manter a segurança, mostrando a importância de uma política de segurança disseminada entre os colaboradores. Muitos profissionais realizaram um verdadeiro trabalho educativo em todos os setores da empresa. 

Independente do setor econômico a que pertence à organização, o Analista de Cibersegurança realizará diariamente atividades capazes de impedir ou pelo menos minimizar os impactos que um ataque pode causar dentro de uma empresa. 

 

Qual a formação necessária para se tornar um Analista de Cibersegurança? 


O mercado atual apresenta uma grande demanda por profissionais em Cibersegurança. Para atuar nessa área não se faz necessário uma faculdade, como Engenharia da Computação ou Análise de Sistemas, em geral, basta realizar o treinamento e uma boa certificação. 

Para se tornar um profissional de cibersegurança é importante atestar o conhecimento sobre algumas áreas e ferramentas. Essas certificações poderão vir a ser um diferencial na hora de entrar no mercado de trabalho. 

Listamos aqui as certificações mais recomendadas para quem deseja ser um bom Analista de Cibersegurança: 

  • CompTIA Cybersecurity Analyst (CSA+);
  • Certified Ethical Hacker (CEH);
  • GIAC Security Essentials;
  • Certified Cloud Security Professional (CCSP);
  • NIST Cybersecurity Framework (NCSF), tanto em nível Foundation como Practitioner;
  • Certified Information Security Manager (CISM);
  • Offensive Security Certified Professional (OSCP);
  • Certified Information Systems Security Professional (CISSP).

Lembramos que existem outras certificações e cursos disponíveis para quem deseja se especializar e tornar-se um Analista de Cibersegurança.

 

Qual a média salarial para um profissional de Cibersegurança? 


O salário de um Analista de Cibersegurança é um dos mais vantajosos dentro da área de TI, por ser um profissional que lida diretamente com a segurança das organizações é justo que o salário corresponda à responsabilidade. 

Um profissional dessa área possui um salário inicial de R$4.000,00 podendo chegar a R$17.000,00. De uma forma geral, a média salarial de um Analista de Cibersegurança é de R$11.000,00.

Além de um ótimo salário, o mercado de Cibersegurança oferece muitas vagas, visto que está carente de bons profissionais. É muito comum achar vagas de emprego em bancos, que necessitam de uma excelente segurança para os dados. Porém também é possível trabalhar em empresas, nacionais e internacionais.

David Zanetti

Sua expertise abrange desde a aplicação das melhores práticas do CMMI até o gerenciamento ágil de projetos, melhoria de processos e otimização de fluxos de trabalho, conduzindo as empresas a alcançarem resultados excepcionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário aprovado.


Matérias Semelhantes

Certificação
2 de maio, 2024

Certificações para empresas de TI: Saiba quais são as mais importantes

À medida que os negócios expandem e aumentam sua base de clientes, é comum que as organizações necessitem demonstrar certos níveis de gestão e governança, co...
Ler artigo
Certificação
22 de abril, 2024

Certificação ISO 27001: O que você precisa saber para implementar a norma

A ISO 27001 é uma norma certificável que atesta que sua empresa cumpre os requisitos do International Organization for Standardizat...
Ler artigo
Certificação
17 de abril, 2024

O que é CMMI e como usar? Aprenda aqui!

CMMI significa Capability Maturity Model Integration (Modelo de Capacidade e Maturidade Integrado) e como o próprio nome diz é um modelo ...
Ler artigo