7 formas para diminuir a rotatividade da sua empresa

ProMoveMelhorias de Processo7 formas para diminuir a rotatividade da sua empresa

A grande rotatividade é um fato recorrente em grande parte das empresas, principalmente das empresas de TI.

Os prejuízos ao perder funcionários são diversos, mas dentre os principais estão a perda de potenciais talentos e a perda de conhecimento de negócio.

Estudos produzidos pela Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro Nacional), o nível de rotatividade de empresa de TI no Brasil, foi superior à média da América Latina em 2014.

Um dos motivos para esse número deve-se à crise econômica e a falta de mão de obra especializada.

Ainda segundo a pesquisa de 2014, cada empresa brasileira de TI, em média, admitiu 33 e demitiu 31 profissionais ao longo do ano.

Em outros 18 países da região, cada empresa contratou 30 e demitiu 21 funcionários ao decorrer do ano passado.

O que causa esse fenômeno? Abaixo temos algumas possíveis causas:

  • ​Insatisfação no ambiente de trabalho (por não gostar do trabalho/chefe/equipe)

  • ​Insatisfação com salário ou oferta de salário um pouco maior

  • Falta de perspectiva de crescimento

  • Troca de área / tecnologia

  • Busca por trabalho que forneça mais qualidade de vida (mais perto de casa/home office).

Sabendo dessas causas, abaixo listamos 7 formas para diminuir essa rotatividade em sua empresa.

1.Tenha líderes, e não chefes

É comum ouvir que fulano se demitiu porque não gostava do chefe. Para tentar melhorar o clima organizacional e o dia-a-dia do trabalho, uma sugestão é tentar ser menos chefe e ser mais líder.

O líder é aquele cara que todos respeitam, que é o primeiro a ficar até mais tarde para ajudar naquela entrega, que chama a responsabilidade e não apenas delega, mas sim trabalha junto.

É quem motiva e transmite confiança. Ter líderes de verdade motiva muito o trabalho em uma equipe e pode ajudar na redução da rotatividade.

2. Crie oportunidades para os funcion​ário​s ouvirem e fornecerem feedback

É importante entender o que motiva cada membro de sua equipe e o feedback de cada um sobre o trabalho.

Descobrir onde cada um quer chegar. Como gostam de trabalhar. Se o ambiente está adequado para trabalhar.

Com certeza, há diferenças entre os membros da equipe. Alguns devem gostar de desafios, enquanto outros preferem trabalhar de forma mais objetiva.

Alguns preferem trabalhar em equipe, enquanto outros preferem ficar alocados em clientes.

Alguns se incomodam com o barulho do ambiente, outros não. Alguns tem como objetivo aprender coisas novas, enquanto outros querem trabalhar no que já sabem.

Cada pessoa é única, e por isso que é tão importante ouvir o feedback e, na medida do possível, fazer mudanças para melhorar a satisfação da equipe.

3. Crie formas de engajamento ao trabalho

Uma forma de diminuir a rotatividade é aumentando o engajamento da equipe no trabalho do dia-a-dia.

Para isso, é interessante ludificar o ambiente através da implementação de estratégias de gamification no trabalho.

Isso faz com que o trabalho diário vire um “jogo”, contendo desafios, níveis, prêmios, missões, avatares e diversos outros elementos de jogos.

Implementando uma estratégia de gamification com uma temática (story telling) que agrade a maioria da equipe, é possível envolver e motivar todos com a sensação da competição, os prêmios a serem alcançados e o sentimento de progressão no jogo.

Um passo ainda mais largo seria atrelar essa gamificação à progressão da carreira profissional na empresa (que é comentada na dica 7)!

4. Atente para falta de sinergia em equipes.

Um líder deve perceber como o time está interagindo. É possível que haja pessoas que não se dão muito bem e estão trabalhando juntas. Isso é o suficiente para que a pessoa fique desmotivada e deixe a empresa.

O líder/gerente deve, na medida do possível, promover realocações para gerir as pessoas da melhor maneira possível, evitando conflitos e otimizando o trabalho em equipe.

5. Busque trabalhar com a vanguarda tecnológica

Atualmente, uma das coisas que a maioria dos funcionários de Tecnologia da Informação busca é trabalhar com as tecnologias e ferramentas mais modernas disponíveis no mercado.

Trabalhar com ferramentas e sistemas antigos faz com que as pessoas se sintam paradas no tempo enquanto outros estão trabalhando com tecnologia de ponta e “passando na frente”.

Para melhorar este processo, recomenda-se, quando possível, dar liberdade para que colaboradores sugiram ou até usem novas ferramentas e tecnologias.

É bastante provável que essa ferramenta/tecnologia vá inclusive trazer ganhos de produtividade e qualidade para sua equipe ou empresa.

6. Invista em capacitação e treinamentos

Uma boa forma de aumentar a retenção de profissionais é fornecer treinamentos e capacitação continuamente.

O mercado de TI está em constante evolução, e é importante que a empresa acompanhe e que seus funcionários também sejam parte dessa evolução.

Isso garante a evolução do profissional, melhora a competência e a performance no trabalho e ainda aumenta a satisfação do funcionário, elevando as chances de retenção desse profissional.

7. Analise se os salários estão adequados ao mercado e defina um plano de carreira

O salário, sem dúvida, é um fator que afeta a decisão de troca de empregos. Por isso, é importante que os salários oferecidos em sua empresa estejam adequados à média do mercado de trabalho de TI, pois salários abaixo do mercado irão aumentar a chance de perder um profissional valioso para uma empresa concorrente.

Outro item que os profissionais valorizam muito é a existência de um plano de carreira claro, acessível e realista.

Os profissionais de TI buscam muito empresas que deixam claro o caminho a ser trilhado para subir na carreira, quanto tempo isso leva, quais as competências e experiência necessárias para isso e qual o retorno financeiro desse crescimento profissional.

Essa perspectiva de crescimento profissional é muito valiosa, porém é de complexa e difícil definição.

As 7 dicas acima foram identificadas através da experiência dos consultores da ProMove ao passar por dezenas de empresas de TI.

Em algumas dessas passagens, um dos objetivos dos projetos era inclusive aumentar a retenção de profissionais e criar formas de engajamento.

Para entrar em mais detalhes sobre algumas dessas formas de engajamento, leia nossos posts sobre Gamification e Engajamento!

Você também pode partir para o aperfeiçoamento técnico e pesquisar sobre as tecnologias que estão em alta no momento.

No nosso blog, falamos muito sobre essas tecnologias! Leia os posts sobre DevOps e Bots para conhecer um pouco da tendência atual de automação de processos!

E você, acredita que existem outras formas de reduzir a rotatividade nas empresas de TI? Deixe seu comentário no post!

About the author

Mestre em Sistemas de Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013-2015). Graduado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2012). Atua desde 2011 em projetos de consultoria em melhoria de processos de gestão e engenharia de software. É implementador certificado do modelo MPS para Software e Serviços e avaliador adjunto do MPS para Software.