Imagem de destaque

Escrito por: David Zanetti

Quando: 4 de julho de 2022

Segurança vs Proteção em Desenvolvimento de Software: Entenda as diferenças!

Dado que toda a indústria começou a se preocupar com a segurança dos dados que detém ou opera, muitos se perguntam a diferença entre segurança e proteção de dados, no contexto do desenvolvimento de software.

É fácil associar termos como segurança e proteção, principalmente quando relacionamos áreas de tecnologia, em que na maioria das vezes são utilizados quase como sinônimos, porém existem diferenças entre essas duas áreas. 

Aqui vamos entender quais as diferenças entre segurança e proteção, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento de software.

 

Qual a diferença entre segurança e proteção? 


Segundo o dicionário online, segurança é a ação ou efeito de tornar algo seguro, estável e firme. Já proteção é ato de cuidar de algo ou alguém. No que diz respeito à área de tecnologia podemos destacar um ponto como a principal diferença entre segurança e proteção.

Segurança significa que nenhum dano é causado, seja ele deliberado ou não, já proteção significa que nenhum dano deliberado é causado. Esse ponto é fundamental no que diz respeito à segurança e proteção de um software, sendo considerado desde o nível do código. 

Além desse fator principal, existem outros pontos que diferem a segurança da proteção quando se trata de software e códigos: 

  • Proteção dos códigos e prevenção de ataques: A proteção do código trata-se da prevenção de atividades indesejadas ou ilegais no software criado ou utilizado. Isso ajuda a garantir que os sistemas estejam seguros durante um ataque, impedindo a entrada de invasores. 
  • Segurança do código e confiabilidade: A segurança do código é um termo mais amplo, capaz de indicar se um software é confiável e seguro de utilizar. 
  • A proteção ajuda a alcançar a segurança: A proteção é um meio para chegar-se à segurança. Esse ponto é crucial para os profissionais de segurança, principalmente no que diz respeito ao equilíbrio entre integridade, disponibilidade e confiabilidade para fornecer um software seguro.


Qual a relação entre os padrões de codificação e a segurança dos Softwares? 


A segurança no desenvolvimento de um software é fundamental, visto que impacta diretamente em diversos fatores, desde o seu desempenho, que pode ser comprometido caso não seja elaborado corretamente, até a sua qualidade e performance junto ao cliente.

Os padrões de codificação vêm impulsionando a segurança no desenvolvimento de software. Apesar de não serem infalíveis, eles ajudam a garantir que os códigos sejam portáteis, robustos e fáceis de manter. 

Padrões de codificação, como a MISRA-C (criada pela Associação de Confiabilidade de Software da Indústria Automobilística), principal padrão utilizado para desenvolvimento de software em linguagem de programação, ajudam a garantir que a arquitetura do código seja sólida em todas as fases de desenvolvimento. Um código seguro garante a segurança dos sistemas de software.

Por isso, está em conformidade com as diretrizes da MISRA, tornou-se sinônimo de segurança e confiabilidade para as empresas.

Um software pensado e criado de forma segura apresenta uma alta satisfação e confiança ao cliente, garantindo que seus dados serão preservados. 

 

Como reforçar a segurança e a proteção do software?


A forma mais eficaz de reforçar a segurança do software é utilizando ferramentas de análise de código estático. 

Segundo a MISRA, o uso de ferramentas de análise de código estático garante o mais alto grau de conformidade em seus padrões. 

As ferramentas de verificação de conformidades são capazes de sinalizar tudo, desde brechas de segurança até apontamentos de melhorias. Utilizar uma ferramenta para verificar diferentes fatores ao mesmo tempo, ajuda a garantir que você será capaz de identificar até os pequenos erros.  

Ferramentas de testes estáticos promovem análises em cada estágio do desenvolvimento, permitindo que os desenvolvedores incorporem com mais confiança requisitos críticos de segurança e proteção em seu código. 

Um bom exemplo é o Klocwork, uma ferramenta de segurança de aplicativos que fornece verificadores e relatórios do setor, auxiliando as empresas de software a alcançar segurança e proteção para os seus projetos. 

Softwares de verificação crítica, como o Klocwork, facilitam na elaboração de um software mais fácil, seguro e protegido, além eliminar a necessidade de criar novos testes do zero. Em vez de verificar de forma manual, linha por linha do código, é possível confiar na ferramenta para garantir que o seu código esteja de acordo com o MISRA.


Matérias Semelhantes

Gamification
17 de julho, 2017

6 passos iniciais para aumentar a motivação de equipe

Uma empresa precisa de funcionários motivados. Para isso, é preciso entender que existem fatores básicos e primitivos que devem existir antes de qualquer metodolo...
Ler artigo
Melhorias de Processo
19 de julho, 2017

Governança de TI: Obtenha crescimentos reais e saudáveis com essa estratégia!

A Promove participou há pouco tempo de um evento sobre governança em empresas familiares, promovido pelo IBGC (Instituto Brasileiro...
Ler artigo
Melhorias de Processo
20 de julho, 2017

6 dicas cruciais para evitar falhas na gestão de projetos

Para não ocorrerem falhas na gestão de projetos, é preciso um bom planejamento e uma comunicação eficaz entre os colaboradores e as equipes. Nesse sentido, os ...
Ler artigo