Qual a importância de renovar a Certificação ISO 9001?

ProMoveCertificaçãoQual a importância de renovar a Certificação ISO 9001?
iso 9001

Como você já deve saber, as certificações funcionam como um atestado de competência e mostram para seus parceiros que sua empresa se preocupa em seguir os melhores padrões de qualidade existentes.

Nesse contexto, a certificação ISO 9001 é uma das mais importantes, e perder esse selo pode ser catastrófico para qualquer companhia.

Pensando nisso, no post de hoje, mostramos para você a importância de manter o seu certificado e como realizar a transição para a nova certificação ISO 9001. Continue com a gente e saiba mais!

Certificação ISO 9001

Em 1987, com o intuito de garantir a qualidade de produtos e de serviços num padrão único em escala mundial, foi formulada a norma ISO 9001 pela ISO — International Organization for Standardization ou Organização Internacional de Padronização, em tradução livre.

Seu objetivo principal é melhorar a gestão da empresa na qual está sendo aplicada, podendo ser utilizada em conjunto com outras normas. Para estar apta à certificação, uma organização deve atender a todos os seus requisitos.

Visando atualizar seus processos em decorrência da evolução constante do mercado e das empresas, de tempos em tempos, a ISO realiza reformulações em suas normas de padronização.

Importância da certificação ISO 9001

No atual nível de competitividade do mercado, manter uma certificação de reconhecimento global sobre a qualidade gerencial é de suma importância para qualquer empreendimento.

Hoje em dia, para fazer negócios e manter grande parte dos clientes, a maioria das empresas exigem a certificação ISO 9001, pois mesmo que eles não conheçam diretamente a ISO, reconhecem o diferencial do selo em produtos e serviços.

Benefícios

Manter sua certificação ISO 9001 significa preservar todos os benefícios que sua empresa obtém desse selo de qualidade. Entre os mais interessantes, podemos destacar:

Motivação da equipe

Implementar a ISO 9001 demonstra aos colaboradores que a empresa busca se manter atualizada e tem o desejo de crescer, não ficando estagnada. Assim, alinha o pensamento de toda a equipe na busca por mais qualidade e melhores resultados.

Satisfação do cliente

Com a utilização da ISO 9001, sua empresa deixa de se manter focada apenas em produto ou serviço para buscar atender a satisfação total do cliente.

Na criação de valor para ele, é possível monitorar 5 elementos básicos: benefícios, preço, desempenho, qualidade e relacionamento.

Imagem perante o mercado

A empresa também demonstra ao mercado sua preocupação com a qualidade de sua gestão, e que está sempre em busca da melhoria contínua de seus processos.

Ademais, em alguns segmentos, é praticamente impossível obter resultados sem contar com a certificação.

Redução de custos

A melhoria nos processos internos da empresa acabam resultando em uma menor perda de recursos e, por consequência, em uma redução de custos operacionais.

Dessa maneira, a economia gerada nesses processos pode ser reinvestida no negócio.

Mudanças na certificação ISO 9001

Constantemente, a ISO 9001 passa por revitalização, com a verificação completa de todos os seus processos, garantindo modernidade e atualização da norma para as demandas mais atuais das empresas e do mercado.

Hoje, a norma em vigor é a ISO 9001:2008. Porém, em 11 de setembro de 2015, a certificação ISO 9001:2015 veio para substituir a primeira, sendo que foi estabelecido um prazo de 36 meses para adequação das empresas certificadas.

Portanto, este prazo finaliza em 11 de setembro de 2018, quando a antiga norma deixará de ser reconhecida e todos os certificados não renovados serão cancelados e invalidados.

Diferenças

Vale ressaltar que as mudanças entre essas duas versões da norma foram bastante significativas.

A diferença mais notável entre a ISO 9001:2008 e a 2015 é a estrutura. Agora, ela segue a mesma linha estrutural de outras normas ISO, chamada de alto nível.

Powered by Rock Convert

Com essa mudança, a utilização das certificações em conjunto ficou facilitada, proporcionando integração e alinhamento entre todas as normas ISO que podem ser implementadas na empresa.

Outro detalhe que recebeu maior atenção, em comparação com a versão anterior, foi o gerenciamento de riscos.

Ele já era um item importante, porém, na ISO 9001:2015, foi demandada ainda mais relevância a ele.

Migração para certificação ISO 9001:2015

Como citado, o prazo de migração da norma ainda em vigor para a mais recente está terminando e, por isso, é essencial que sua empresa realize a migração antes que acabe por perder sua certificação.

Para que se possa implementar a nova norma, alguns pontos devem ser observados. Vamos a eles!

Estude a nova norma

Antes de mais nada, é preciso verificar o novo documento em relação ao anterior, para encontrar os principais pontos de mudança.

Por mais que pontos importantes tenham mudado, boa parte dos conceitos continuam os mesmos.

Adeque-se aos novos requisitos

Busque realizar as adequações necessárias para que sua empresa esteja de acordo com os novos requisitos demandados no documento.

Quanto antes você adequar seus processos, mais fácil será a obtenção da certificação.

Elabore o plano de implementação

Para atender os novos requisitos, é recomendado traçar um plano de implementação, dividindo as tarefas a serem realizadas em metas. Assim, é possível executar o cumprimento de uma agenda planejada para a adequação à nova norma.

Promova treinamentos

Os integrantes-chave da equipe, que lidam diariamente com os processos críticos da empresa, devem passar por treinamentos e atualizações para lidar com a nova norma e seus requisitos.

Contrate uma consultoria de certificação

Contar com profissionais qualificados e prontos para guiar sua empresa em direção à atualização de sua certificação pode ser uma boa ideia.

Uma consultoria especializada possui know-how para realizar as mudanças necessárias para que sua empresa possa se adequar mais rapidamente.

Consequências de não migrar

Você pode achar que não tem muito a perder ao não realizar a migração da ISO 9001:2008 para a versão 2015, porém os resultados dessa decisão podem não ser nada interessantes para sua empresa.

Entre um dos principais impactos negativos da não migração é a perda do certificado ISO 9001, já que todas as certificações da versão 2008 serão invalidadas a partir de 11 de setembro de 2018.

Perder o selo implica em deixar de participar de uma série de negócios e de licitações nos quais a certificação é exigida.

A empresa também acabará ficando para trás em relação às metodologias de qualidade de processos e de gestão, impactando sobre sua produtividade.

Além do mais, o fato de obter a certificação e perdê-la pode ser considerado um marketing negativo para o negócio, já que seus parceiros terão a sensação de que sua empresa não busca a melhoria contínua de seus processos.

Em vista de tudo isso, percebe-se como a certificação ISO 9001 é essencial no mercado atual.

Caso você ainda não tenha começado a promover a migração para a nova versão da norma, é preciso agilizar-se para não enfrentar todas os impactos negativos da perda do selo.

Nesse sentido, saiba que a ProMove é uma empresa de consultoria que, além de oferecer soluções de TI para otimização e melhoria de processos, também conta com suporte em certificações. Entre em contato conosco e saiba mais!

About the author

Mestre em Engenharia de Software pela COPPE/UFRJ, Auditora ABNT e Consultora em TI pela PROMOVE. Apaixonada pela Qualidade de Software, Agilidade, Gestão do Projetos e Compliance.