Imagem de destaque

Escrito por: Mariano Montoni

Quando: 23 de agosto de 2018

Descubra as vantagens da avaliação MPS!

Você já ouviu falar na avaliação MPS? Esse modelo de referência voltado à otimização e modernização de processos de software e serviços é fundamental para uma empresa que busca mais espaço e consolidação no mercado.

Portanto, se você quer melhorar a produtividade e a qualidade de entrega na sua empresa e ainda ganhar visibilidade, este post vai responder todas as dúvidas que você possa ter sobre o assunto. Vamos lá?

O que é a certificação MPS

MPS é a sigla para Melhoria de Processo de Software. O MPS-BR é um programa de melhoria em processos de desenvolvimento para empresas brasileiras. Esse programa foi criado em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e é coordenado pela Softex (órgão privado sem fins lucrativos) que, desde 2003, desenvolve e aprimora modelos para ajudar as empresas a melhorarem seus processos.

Existem 3 modelos do MPS, e cada um deles tem um público diferente. São eles:

  • MPS para Software: para empresas que desenvolvem software;
  • MPS para Serviços: para todas as empresas que prestam serviços, embora o foco seja os serviços de TI — como uma empresa de HelpDesk, manutenção de equipamentos, infraestrutura de rede etc;
  • MPS para Gestão de Pessoas: auxilia as empresas na gestão dos recursos humanos.

Os três modelos estão alinhados às melhores práticas do mercado e compatíveis com normas e modelos internacionais como CMMI, ISO e ITIL.

O MPS Software e MPS Serviços, por exemplo, são compatíveis respectivamente com o CMMI for Development e o CMMI for Services, certificações muito buscadas por empresas no ramo de tecnologia.

Mesmo que essas certificações não seja o objetivo, há muitas empresas que fazem também avaliações das implementações de processos usando como base o modelo MPS.

Deseja saber mais sobre como adquirir a certificação MPS? Confira nosso e-book abaixo!

CMMI MPS ISO

Como a avaliação MPS acontece na prática

Para conseguir a certificação MPS-BR, a empresa precisa ser avaliada por uma instituição credenciada junto à Softex. A ideia é seguir um protocolo padronizado que quebra esse processo em três passos principais. Confira a seguir.

1. Etapa de planejamento

Nessa primeira etapa, é definido o escopo da avaliação — que envolve a definição da unidade organizacional, o local onde a empresa presta o serviço (pode até ser mais de um local) e quais de seus projetos compõem a amostra da avaliação.

2. Etapa de avaliação inicial

Em um momento seguinte, a equipe da instituição avaliadora vai até a empresa e analisa os documentos e produtos relacionados à execução dos processos — como planos, relatórios, produtos técnicos relacionados à engenharia de software ou à gestão do serviço de TI. Após a avaliação inicial, a empresa tem um relatório com problemas que ela precisa resolver para a última etapa.

3. Etapa de avaliação final

Na avaliação final, a equipe volta à empresa para verificar a resolução dos problemas e conduzir entrevistas com as pessoas que participaram dos processos. Com base na análise dos documentos e nas entrevistas, a equipe de avaliação atribui o nível da empresa, que pode ser desde o nível G (o mais básico) até o nível A (nível mais alto de maturidade).

A escolha do nível é feita na etapa de planejamento, em que a empresa define qual nível quer atingir. Assim, a execução da avaliação é direcionada ao escopo escolhido pela empresa.

Os 6 benefícios mensuráveis da MPS

A certificação MPS-BR é tão buscada exatamente por resolver as questões problemáticas do processo produtivo na sua empresa e, ao mesmo tempo, criar oportunidades de mercado que seriam inacessíveis anteriormente. Estes são os 6 benefícios da avaliação que você pode medir no dia a dia, listados a seguir.

1. Maior visibilidade

A certificação recebida pelo órgão avaliador é publicada no site da Softex, dando muito mais visibilidade à empresa quanto à maturidade e qualidade da sua equipe. Assim, o site recebe mais visitas, mais clientes o procuram e sua empresa começa a ficar mais conhecida.

2. Aumento na quantidade de projetos

O reflexo direto disso é no aumento de contratos e clientes fiéis para novos projetos. Não só isso, ter uma certificação MPS é uma das exigências para prestar serviços ao governo — abrindo uma nova gama enorme de oportunidades de trabalho.

3. Redesenho de processos

Falando agora nos quesitos técnicos, a avaliação MPS é uma chance de ouro para reformular o desenvolvimento dentro da sua equipe, seguindo padrões e metodologias com resultados comprovados na eficiência de um negócio. A certificação pode ser uma bússola para um gestor de TI se guiar.

4. Redução no tempo de desenvolvimento

Processos redesenhados vão cortar etapas desnecessárias e criar atalhos produtivos que reduzem o tempo de desenvolvimento. Esse tempo extra pode ser utilizado para polir melhor um software ou serviço, além de permitir que os profissionais de TI atuem de forma mais estratégica dentro da empresa.

5. Acompanhamento de indicadores de eficiência

Outra vantagem de uma estrutura produtiva mais bem definida é a possibilidade de usar indicadores confiáveis para atestar a qualidade e a eficiência do seu trabalho. Assim, é possível trabalhar com um foco constante em iteração e aprimoramento da equipe.

6. Satisfação do cliente

Processos simplificados, com tempo e custo reduzidos, impactam diretamente na qualidade da entrega. O resultado disso? Clientes mais satisfeitos que aumentam o ticket médio em seus contratos e ficam mais tempo do seu lado.

Complete os dados da sua empresa nesta planilha e saiba se seus processos na área de serviços estão realmente aderentes aos modelos MPS para serviços, ITIL e ISO 20000.

Os 6 benefícios não mensuráveis da MPS

As vantagens acima podem ser aferidas em números, mas nem todo benefício de uma empresa mais eficiente pode ser medido. Mesmo assim, conheça 6 mudanças que você vai perceber com facilidade.

1. Credibilidade no mercado

Uma empresa certificada em MPS está à frente da maioria dos concorrentes que não enxergam o potencial desse tipo de estratégia. Além da visibilidade que sua equipe ganha, a confiança no seu trabalho também fica evidente no mercado.

2. Produtividade dos colaboradores

A eficiência dos processos adequados à certificação vão permitir que sua equipe trabalhe com mais tranquilidade e previsibilidade, evitando situações de estresse e correria para entregar um projeto no prazo. A organização é sempre a chave para a produtividade.

3. Consolidação da sua liderança

Ao focar seus esforços em uma mudança estratégica de gestão, sua equipe vai comprar sua briga e confiar na sua capacidade de tomar decisões importantes para a qualidade do produto ou serviço.

4. Comunicação facilitada

Tarefas e ferramentas organizadas também significam um incentivo para mais comunicação entre a TI. Com todos os funcionários na mesma página sempre, você evita o retrabalho, o desperdício de tempo com soluções insuficientes e aumenta a agilidade na tomada de decisões.

5. Abertura para a colaboração

Tudo isso é um caminho para uma equipe de TI mais unida. A colaboração plena permite o uso de feedbacks positivos e a proatividade de cada colaborador para iterar sobre o código ou o serviço atual. É uma forma de potencializar toda a transformação causada pela certificação MPS.

6. Cultura de inovação

Comunicação, colaboração, produtividade, organização: todas essas características, quando incluídas de verdade no trabalho de uma equipe de TI, criam uma cultura de inovação entre seus integrantes. É uma forma de tornar a rotina da empresa uma busca constante por ideias criativas e disruptivas.

Tudo isso é possível por meio da avaliação MPS, não por causa do registro que você ganha quando concluída, mas pelo caminho que você aponta para a empresa quando busca se adequar aos conceitos que ela apresenta.

Siga-nos nas redes sociais e tenha acesso a mais conteúdos de qualidade como este!

            

A Promove é uma instituição licenciada pela Softex para avaliar e implementar o MPS-BR. Se gostaria de implementar o modelo na sua empresa e ainda restam dúvidas sobre esse modelo, entre em contato conosco!

Mariano Montoni

Possui mais de 20 anos de experiência em impulsionar a excelência nos processos de empresas de tecnologia, realizando mais de 150 avaliações oficiais nos modelos CMMI e MPS.BR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário aprovado.


Matérias Semelhantes

Agilidade
28 de junho, 2024

CMMI e Agilidade: integrando abordagens para otimizar processos

No desenvolvimento de software, organizações frequentemente exploram frameworks e modelos como o Capability Maturity Model Integration (CMMI) e metodologias ágeis...
Ler artigo
Segurança da Informação
24 de junho, 2024

Gestão da Segurança da Informação: Guia prático para pequenas e médias empresas

Segurança da informação é a palavra do momento. Todas as organizações, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte, sejam ela...
Ler artigo
Segurança da Informação
18 de junho, 2024

CIS Controls: Um caminho essencial para higiene cibernética na sua empresa

A segurança da informação tornou-se uma preocupação central para a área de TI. Diversos ...
Ler artigo